Diversos, Psicologia

PERCEPÇÃO (Parte IV)

A percepção é formada por um conjunto de experimentações sinestésicas, que fundem os cinco sentidos. Na maioria das mídias de veiculação é difícil misturar os sentidos, por exemplo, em comerciais de TV e anúncios impressos é mais utilizado a visão, já no rádio a audição. Por definição, a utilização de diferentes veículos de comunicação, em uma mesma campanha, possibilita que os cinco sentidos sejam estimulados, porém em momentos diferentes.

Uso menos óbvio – Percepção Subliminar

O que é Percepção Subliminar?

Consiste no estímulo que é percebido pelo Cérbero mas que não chega ao consciente da pessoa.

Existem três tipos de estímulos: Visual Rápido, Fala Acelerada em baixo volume e Imagem Escondida ou Encaixada. Esses tipos de estímulos são muito usados em publicidade, por exemplo, um comercial de pacote de turismo, que usa imagens de mulheres de biquíni, praias, festas, entre outras, essas imagens estimulam o receptor da mensagem a associar o pacote oferecido a estas imagens, mesmo que seja para outro local.

Percepção Seletiva

Devido à quantidade de estímulos que recebemos diariamente, nosso cérebro não é capaz de decodificar e assimilar tal volume de informações, sendo natural que ocorra uma filtragem no conteúdo que prestamos atenção de fato. Isso é Percepção Seletiva.

Para romper com esse bloqueio natural construído na mente do  consumidor, em Publicidade existem três formas de “chamar atenção”: Amor, Horror e Humor. Logicamente existem outros apelos que podem ser utilizados, como o medo e o erotismo, porém os mais comuns na propaganda brasileira atual são esses três.

Amor – São usadas cenas que emocionam o receptor, que criam sentimento de proteção e carinho. Em geral, o público-alvo de campanhas que envolvem esse apelo são mulheres, que são mais suscetíveis à emoção, o que aumenta a adesão à campanha.

Humor – Não se trata do humor exagerado ou escachado, mas sim de formas mais sofisticadas de provocar o riso. Trata-se de fazer graça, instigar a inteligência, distorcer levemente a realidade. O uso do humor na publicidade faz com que o receptor da mensagem se sinta como parte do grupo, por compreender o sentido da piada.

Horror – Nesses casos são usadas imagens chocantes, assustadoras trágicas, que podem ser reais ou não. Tais imagens impactam o receptor de tal forma que ele se sente instigado a ver o restante do anúncio/propaganda. Geralmente, o humor é usado em campanhas não-governamentais, entidades políticas, grupos ecológicos. Também são usadas para a venda de produtos que as pessoas não gostam de discutir, como seguros de vida e túmulos de cemitérios.

Standard

One thought on “PERCEPÇÃO (Parte IV)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s